9 erros de automação de marketing que você não pode cometer

De acordo com um relatório de tendências de marketing de blogs da HubSpot de 2021, 69% dos profissionais de marketing pesquisados ​​dizem que usam automação em sua função de marketing.

Seja a automação uma prática nova ou padrão em sua empresa, queremos ajudá-lo a evitar armadilhas comuns em que os profissionais de marketing costumam cair.

Comece a usar o software de marketing da HubSpot gratuitamente

Neste post, vamos discuti-los e alternativas que resolvem esses desafios.

1. Você tem dados sujos.

Em um relatório de automação de marketing de 2021, 58% dos profissionais B2B dizem que a tática número um que mais amplifica o sucesso de sua ferramenta de automação de marketing são os dados de qualidade.

Dados sujos podem custar às marcas não apenas dinheiro, mas também tempo, pois elas agem com base em informações imprecisas.

Isso pode ser qualquer coisa, desde registros duplicados e inconsistências de nomenclatura até informações de contato desatualizadas e atribuição incorreta.

Um exemplo simples de dados sujos é uma lista de e-mail que nunca foi limpa. Sua lista provavelmente desengajou usuários, endereços de spam e e-mails duplicados que ameaçam a integridade de seus dados.

Isso levará a baixos números de engajamento, danos à sua reputação de IP, altos custos de marketing por e-mail e perda de leads.

Para que sua automação funcione corretamente, é essencial que você trabalhe com dados limpos para garantir que seu trabalho valha a pena.

2. Você escolheu a ferramenta de automação errada.

Um relatório de pesquisa do HubSpot Blog sobre planejamento de mídia e conteúdo revelou que encontrar a ferramenta certa é um obstáculo para muitos profissionais de marketing.

De fato, 45,9% dos entrevistados que não confiam na automação de marketing dizem que o maior obstáculo que enfrentam é que não conseguem encontrar plataformas com os recursos de que precisam.

Além disso, 59% dos profissionais B2B dizem que não sentem que estão utilizando suas ferramentas de automação de marketing em todo o seu potencial, de acordo com o relatório de automação de marketing.

Portanto, os profissionais de marketing não apenas lutam com as ferramentas de seleção, mas também lutam para usá-las.

Escolher a ferramenta de automação de marketing certa é essencial, pois determinará o sucesso da sua estratégia. Aqui estão os principais recursos para procurar no software de automação de marketing:

  • Interface amigável e intuitiva
  • Análise e relatórios avançados
  • Base de conhecimento e ferramentas de suporte ao cliente
  • Integrações
  • Opções escalonáveis

Confira este artigo sobre as principais ferramentas de automação de marketing disponíveis no mercado.

3. Suas equipes de marketing e vendas não estão alinhadas.

A pior coisa que você pode fazer com automação de marketing é operar em um silo. No final das contas, o marketing é uma função projetada para apoiar vendas, produtos e outros setores de negócios.

Como tal, é imperativo que sua equipe de marketing traga todas as partes interessadas necessárias para criar fluxos de trabalho que se alinhem com equipes além da sua.

Isso é particularmente importante com equipes de marketing e vendas que trabalham lado a lado para transformar leads em leads qualificados para marketing (MQLs), leads qualificados para vendas (SQLs) e, finalmente, clientes.

Você já pensou em quais processos beneficiariam sua equipe de vendas? Isso pode parecer um e-mail automatizado de um representante de vendas assim que um lead tiver concluído um comportamento de alta intenção.

Claro, para definir qual é esse comportamento, você tem que definir isso com a equipe de vendas.

O software de automação de marketing pode permitir que os representantes de vendas se concentrem na conversão de leads em vez de tarefas tediosas.

4. Você não treina sua equipe.

De acordo com o relatório de automação de marketing, 31% dos profissionais B2B dizem que a barreira mais significativa para o uso de ferramentas de automação de marketing é a falta de treinamento, a resposta mais popular após a falta de recursos.

As ferramentas de automação são poderosas coxa inútil se sua equipe não sabe como usá-los.

A realização de sessões de treinamento garantirá que os principais interessados ​​conheçam os recursos de sua ferramenta, conheçam os fluxos de trabalho atuais e entendam os processos para criar novos.

Aqui estão algumas dicas para treinar sua equipe:

  • Cure seu treinamento para a equipe – A sobrecarga de informação é uma coisa muito real. Para evitar que isso aconteça e manter suas sessões produtivas, ensine apenas o que for relevante para essa equipe.
  • Convide os representantes do provedor de serviços para participar – Mas eles conhecerão o software melhor do que seus representantes. Entre em contato com seu provedor e veja se eles oferecem sessões de treinamento.
  • Realize um processo de treinamento de várias etapas – Uma sessão provavelmente não será suficiente para treinar sua equipe com eficiência. Certifique-se de realizar várias sessões, usando uma combinação de várias estratégias de aprendizado para promover o aprendizado.

5. Você define e esquece.

Embora a automação sugira uma abordagem de definir e esquecer, a realidade é que é muito prática.

A diferença é que sua atenção está indo para outra coisa. Em vez de se concentrar na produção, você pode direcionar sua atenção para avaliar o desempenho e otimizar.

6. Você aproveita apenas um tipo de estratégia de automação.

Muitas vezes, os profissionais de marketing começam a usar a automação de marketing, se familiarizam com um conjunto de tarefas e depois se concentram nisso. Nunca expandindo além do que eles já usam.

É assim que você perde oportunidades de melhorar sua marca. Aproveite todos os recursos que seu software oferece para maximizar a eficiência.

Provavelmente, há muitas pequenas tarefas ao longo do seu dia de trabalho que não parecem consumir muito tempo individualmente. No entanto, se você somar todo o tempo que gasta postando nas mídias sociais, atualizando informações de contato e outras tarefas, acaba com uma grande parte do seu dia gasto em coisas que provavelmente podem ser automatizadas.

Dê uma olhada em sua automação de marketing para ver quais processos você pode tornar mais eficientes. Por exemplo, no software HubSpot, os usuários podem atualizar em massa as informações de contato do lead em vez de clicar em cada registro e alterar os detalhes nele.

Quanto mais processos você automatizar, mais tempo terá todos os dias para criar estratégias com sua equipe sobre conteúdo, geração de leads e táticas de nutrição de leads para continuar atraindo leads de qualidade para seu site.

Aqui estão as estratégias de automação que você pode aproveitar:

  • Chatbots
  • Gerenciamento de tarefas
  • Pontuação de leads
  • Nutrição de leads
  • Automação de contratos/cotações
  • Rotação de leads
  • Campanhas de gotejamento

7. Seu software de automação não se integra ao seu CRM.

Um sistema de automação de marketing deve facilitar o marketing. Um sistema de CRM deve facilitar o gerenciamento de leads e clientes.

Se o software de automação e o CRM não se comunicam, você está fazendo muito mais trabalho para si mesmo.

Antes de decidir sobre as plataformas de automação de marketing e CRM, certifique-se de que elas podem se integrar umas às outras e certifique-se de que você tenha o orçamento para fazer isso acontecer.

8. Você não tem um objetivo.

Aproveite a facilidade de uso que o software de automação de marketing oferece e invista tempo e esforço para determinar seus objetivos primeiro. Depois de tê-los, você desejará atribuir esses objetivos a cada esforço automatizado – mídia social, fluxos de trabalho de e-mail e assim por diante – para garantir que seja fácil acompanhar o progresso.

Afinal, os profissionais de marketing precisam de uma maneira de medir o sucesso quando se trata de automação de marketing, e um meio de fazer isso é avaliar o alcance das metas. Por exemplo, aqui no HubSpot, a ferramenta Visual Workflows permite definir uma meta específica para cada fluxo de trabalho automatizado.

Uma meta pode ser a transição de um novo lead para um lead qualificado para marketing com base em determinados comportamentos, como baixar um número específico de ofertas de conteúdo.

O HubSpot Visual Workflows também permite rastrear a porcentagem de contatos em cada fluxo de trabalho que atingem a meta, que é outra ótima maneira de medir o sucesso e o ROI de sua automação de marketing.

9. Você não segmenta sua lista de e-mail.

Você tem um banco de dados cheio de leads qualificados, mas está usando um software de automação de marketing para enviar toneladas de e-mails que não são personalizados. Como resultado, seus leads estão mudando porque seus e-mails não são úteis para eles.

A solução? Desenvolva uma estratégia de nutrição de leads que inclua segmentação de lista de e-mail para enviar e-mails específicos para pessoas específicas que elas têm mais probabilidade de abrir.

Com o software de automação de marketing certo, é fácil executar uma estratégia de segmentação de lista de e-mail que oferece resultados sólidos. Por exemplo, os clientes da HubSpot podem usar o aplicativo Visual Workflows para direcionar seus e-mails com base em dezenas de critérios, tanto demográficos quanto comportamentais.

A automação de marketing é uma ferramenta poderosa para qualquer empresa – o truque é saber como otimizá-la e quais armadilhas evitar. Ao manter isso em mente, você garantirá que sua automação esteja funcionando em seu potencial máximo.

Nota do Editor: Este post foi publicado originalmente em novembro. 2016 e foi atualizado para abrangência

Recurso gratuito: como alcançar e engajar seu público no Facebook

Leave a Reply

Your email address will not be published.